quarta-feira, setembro 29, 2010

Mãe, olha só....

.... já viste o músculo todo que eu consigo fazer?

(e fazia força com o braço para eu apertar....)

E olha lá as flexões que eu consigo fazer....

(e fazia flexões com os pés em cima do sofá e as mãos no chão....)

Mãe, e olha lá agora o meu músculo como cresceu....

(e fazia força com o braço para eu apertar....)

L. Oh C. mas olha lá que o músculo não cresce assim de repente....
C. Ai não?
L. Não, demora muito tempo. Tens que ir sempre fazendo ginástica e comer comida saudável para ir crescendo devagarinho....
C. ???....
L. :)
C. Mãe, dá-me lá uma pera lavadinha para eu comer com casca que é onde estão as fibras todas.

(e lavei umas uvas e dei-lhe, que as peras tinham acabado....)

C. Sabes mãe? Não me apetecia nada comer fruta mas vou comer porque eu quero ficar com os músculos muito grandes.

:))))))


Smile....

terça-feira, setembro 28, 2010

Se pusesse uns palavrões aqui....

.... se calhar passava-me a fúria.

A minha horta está cheia de ervas daninhas, quase que me passam do pescoço e eu gasto o meu tempo todo em reuniões, a fazer actas e outras idiotices!
Quem foi que inventou este sistema educativo? Que me perdoe, mas a senhora sua mãe havia de ter sido estéril!....


segunda-feira, setembro 27, 2010

Mais do mesmo....

Saber rentabilizar o tempo e aproveitar os recursos informáticos de que agora toda a gente já dispõe, parece não ser coisa simples e natural na organização do ano escolar.
Senão vejamos:
Na semana passada iniciámos as primeiras reuniões de conselhos de turma que, segundo a minha perspectiva, deveriam ter ocorrido nos dois primeiros dias de apresentações, caso estes tivessem sido para isso planeados. Ao invés das sugestões que todos os anos aparecem, iniciámos logo a abrir, com aulas e testes diagnóstico e mil e uma outras actividades, para agora, na segunda e terceira semana de aulas, estarmos quase todos a fazer três turnos na escola. As consequências são notórias, temos pouco tempo para a a família, falta de paciência para os alunos e começamos a desejar que os nossos colegas desapareçam com as suas histórias de cárácacá que só nos fazem demorar mais. O mais ridículo é que quando estas reuniões acabarem vão começar os conselhos de turma intercalares.... helloooooo, e que tal começarmos a passar as informações importantes via mail? Não era pedir muito, pois não?....

Terça-feira, 14.9.2010
Reunião de Departamento - Nº de profs - aprox. 60
Objectivos- Plano de Acção do Departamento e Avaliação do PEE anterior.
Tempos: 17,00h - 18,30h --> 1,30h


Somatório das horas da treta: 15,45h
#7 - 1,30h

As horas serviram para alguma coisa?: Serviram para pôr os pontos nos iii sobre formas de actuação e actividades a realizar neste ano lectivo.

Quarta-feira, 22.9.2010
Reunião do Projecto Bocage + Verde - Nº de profs - 3
Objectivos- Plano de intenções e plano de actividades para o ano lectivo.
Tempos: 12,00h - 13,30h --> 1,30h


Somatório das horas da treta: 17,15h
#8 - 1,30h

As horas serviram para alguma coisa?: Serviram para começarmos todas na mesma onda.

Quinta-feira, 23.9.2010
Reunião de Conselho de Turma - Nº de profs - 11
Objectivos- Informações relevantes; PCT; PAA.
Tempos: 15,15h - 17,30h --> 2,15h


Somatório das horas da treta: 19,30h
#9 - 2,15h

As horas serviram para alguma coisa?: Serviram para informar que o Regulamento Interno vai ser refeito por causa das alterações do estatuto do aluno devidas à Lei 39/2010. Com certeza quando for alterado teremos direito a uma nova reunião para tomar conhecimento dele! Serviram ainda para despistar casos individuais. O PCT ficou adiado para as intercalares, não se pode fazer nada sem conhecer a turma e para o PAA apenas ficaram aquelas actividades que todos os anos se realizam.

Quinta-feira, 23.9.2010
Acção de Formação QIM 15- Nº de profs - 20
Objectivos- Rentabilizar os QIM....
Tempos: 19,00h - 22,00h --> 3,00h
.... mais a viagem de ida e volta para Palmela.

Somatório das horas da treta: 22,30h
#10 - 3,00h

As horas serviram para alguma coisa?: Apesar de eu considerar que os campos em que preciso de formação deveriam ser por mim decididos e achar que a obrigatoriedade de todos os professores realizarem X horas de formação em TIC não ser mais do que uma grande mama para alguns, tenho que dar a mão à palmatória e reconhecer que o formador é excelente e estou, de facto, a aprender alguma coisa.

Sexta-feira, 24.9.2010
Reunião de Conselho de Turma - Nº de profs - 11
Objectivos- Informações relevantes; PCT; PAA.
Tempos: 18,30h - 20,00h --> 1,30h


Somatório das horas da treta: 24,00h
#11 - 1,30h

As horas serviram para alguma coisa?: Serviram para informar que o Regulamento Interno vai ser refeito por causa das alterações do estatuto do aluno devidas à Lei 39/2010. Com certeza quando for alterado teremos direito a uma nova reunião para tomar conhecimento dele! Serviram ainda para despistar casos individuais. O PCT ficou adiado para as intercalares, não se pode fazer nada sem conhecer a turma e para o PAA apenas ficaram aquelas actividades que todos os anos se realizam. Parece-me que já li isto algures....

E assim se gasta um dia inteiro em horas da treta, consegui chegar às minhas primeiras vinte e quatro horas consecutivas de encher chouriço!
O que me vale é que ainda posso fugir nos intervalinhos para aqui....



.... para depois degustar estas maravilhas!

Sopa de alho francês e cebolinho....

:))

sexta-feira, setembro 24, 2010

Era muita fruta!....

My lunch was so colorful....


Quem me mandou abrir a boca e dizer que ao fim do dia ia para a praia com os queijinhos?
Quem me mandou dizer que tinha quatro níveis?
Quem me mandou dizer que tinha um bom horário e que estava todo arrumadinho?

Agora, para não ser parva, tenho mais um nível, à noite, no ÚNICO dia em que a minha mãe está ocupada e não pode ficar com os queijinhos e com as outras aulas de manhã, a partir das 8,25h e, ainda por cima, nem sei do quê.... A disciplina vem no horário com a designação de PP e eu espero sinceramente que não seja para aturar o Paulo Portas.
Que caraças!....

terça-feira, setembro 21, 2010

Que belo horário....

Não ter aulas à noite e morar à beira-mar plantado, tem as suas vantagens. Vou só ali dar um pulinho à praia e volto já....
:))


.... com Lisboa ao fundo

sábado, setembro 18, 2010

Pérolas....

F- A caderneta da C. é muito mais gira do que a nossa....
L- Porquê?
F- Porque é amarela clarinha e a nossa é verde caganita de passarinho!


_MG_3408

Na FCUL....

IV Curso Geologia e Petróleo

Conferências GeoFCUL

quinta-feira, setembro 16, 2010

School time....



Working hard....

Rainbow....

quarta-feira, setembro 15, 2010

domingo, setembro 12, 2010

Recarregar baterias....

Sexta-feira, 10.9.2010
Reunião Geral de Profs - Nº de profs - Todos
Objectivos- Apresentação oficial do ano


A Directora apresentou um PPT com as novidades para este ano escolar e, de seguida, apresentou um vídeo com o histórico da escola. Foi muito giro, rever ou ver pela primeira vez, pessoas e locais da escola hoje tão diferentes. Soube bem e serviu para se começar o ano com a sensação de pertença à escola. De seguida brindaram-nos com um buffet de saladinhas e frutas para irmos bem dispostos receber os nossos horários. Nesta reunião, a nossa sub-coordenadora começou por fazer uma introdução onde, sem nunca referir circunstâncias ou pessoas, pôs em pratos limpos aquilo que somos e aquilo que se espera de nós. Cinco estrelas! É mesmo uma pessoa boa, íntegra e excelente no cargo que desempenha, estou cheia de sorte de estar no seu grupo.

Este ano, apesar de ter quatro níveis, sabe-me a descanso porque dois deles são à mesma turma e interligam-se, pelo que, preparação de aulas e materiais é feita em conjunto. Mais ainda, pela primeira vez em cinco anos, não vou dar aulas no turno da noite, portanto posso ir buscar os queijinhos às escolas e terminar o dia com um jantar em família e leituras de grupo. Vai ser um must!
Tempos: 12,00h - 13,30h --> 1,30h

Somatório das horas da treta: 14,15h
#6 - 1,30h

As horas serviram para alguma coisa?: Serviram para iniciar com o pé direito e para conhecer os horários.

E para começar mesmo com o pé direito, no sábado, finalmente fizemos o encontro final dos participantes do Ilustrar Portugal Exposições. Infelizmente nunca se consegue juntar o grupo todo porque datas e locais são difíceis de coordenar com todas as pessoas. O encontro final foi organizado pela Guida, que mora na zona da Figueira da Foz. Marcámos o encontro no Convento de Seiça, que vale bem a pena visitar. Apesar de estar em ruínas e a precisar de intervenção urgente para não ruir por completo, adorámos cada bocadinho lá passado. As salas, tectos e veículos antigos e degradados existentes um pouco por todo o lado, serviram para darmos asas à nossa imaginação e aumentar o nosso espólio fotográfico. Conseguimos ainda visitar a pequena capela que lá existe e que está em muito melhores condições de preservação do que o convento. A Guida conseguiu mostrar-nos o interior da capela, que é lindíssima.



De seguida fomos para a zona das salinas, onde iniciámos o passeio de barco que nos levou até ao moinho de maré. Terminámos com o pôr do Sol nas salinas, seguido de um belo repasto de peixe na Figueira, no Núcleo Sportinguista. Adorei ver os nossos amigos nortenhos, sentados lado a lado com os sportinguistas. Uma delícia, terminamos o dia em grande.
Serviu para recarregar baterias e começar este novo ano escolar com o melhor humor possível, sortudos dos meus alunos.


Salinas da Figueira da Foz











quinta-feira, setembro 09, 2010

Reuniões....

Segunda-feira, 6.9.2010
Reunião sectorial de 9º ano - Nº de profs - 4
Objectivos- Planificações anuais e de 1º período, gestão curricular, definição das actividades obrigatórias e produção de materiais para os alunos.


Pensando eu que pouparia tempo se ficasse em casa de manhã a adiantar trabalho para chegarmos à reunião e pouco mais fazer do que aprovar, alterar ao gosto de todos e andar, rapidamente me desenganei. A A. também trazia trabalho pré-feito, o meu foi pró beléleu; a proposta do trabalho de grupo foi considerada muito exigente em termos de correcção e tempo dispendido pelos profs, pelo que, também foi pró beléleu, a fazer será em Estudo Acompanhado; a elaboração do teste diagnóstico foi adiada e ficamos de fazer as trocas por mail e, finalmente, foram produzidos e aprovados os documentos referentes a Gestão Curricular, Planificação Anual, Planificação de médio Prazo e feita a respectiva acta.
Tempos: 15,00h - 17,05h --> 2,05h

Basei a correr, fui a casa buscar as máquinas fotográficas, enfiei-me no carro e corri para Lisboa para ir ter com a Blue Dolphin e a __Adriana__, e fazermos um mini-encontro de amigas do flickr. Fomos lanchar à baixa, eu comi melancia e bebi uma meia de leite e elas ficaram a rir-se das minhas misturas. Depois a BD. teve que se ir embora, levámo-la ao combóio e fomos apanhar o metro para a zona da Expo, que a A. não conhecia. Divertimo-nos e conversamos até às 23,00h. Foi um belo final de dia e adorei conhecer pessoalmente a A.. Excelente conversadora e companheira, óptima fotógrafa e amiga. Um must! Há que repetir a experiência quando possível.

Amigas....









By night....



Terça-feira, 7.9.2010
Reunião sectorial de 7º ano - Nº de profs - 3
Objectivos- Planificações anuais e de 1º período, gestão curricular, definição das actividades obrigatórias e produção de materiais para os alunos.


Adivinhava-se uma reunião difícil, uma vez que o terceiro elemento era nem mais nem menos do que a nossa querida Guidinha! Eu e a A. vínhamos preparadas para tudo, ou quase tudo, pensávamos nós.... As duas tínhamos feito o trabalho de casa e trazíamos tudo adiantado mas, como seria de prever, as questões colocadas e a participação do terceiro elemento deixaram muito a desejar. Lá se fez, planificámos tudo, escolhemos as actividades obrigatórias e, felizmente, consegui que em vez da moldagem de fósseis em plasticina, que é uma borracheira e não ensina nada aos alunos, ficasse definida como actividade obrigatória a resolução de exercícios de estratigrafia, com aplicação quer dos princípios estratigráficos a saber pelos alunos, quer das diferentes definições de fósseis que eles têm que conhecer - fóssil de idade, de fácies e vivo. Ficou por terminar o teste diagnóstico. Eu enviei por mail o esboço que tinha e, ficámos as três de o alterar e enviar para as restantes as nossas propostas.
Tempos: 10,00h - 12,25h --> 2,25h

Terça-feira, 7.9.2010
Reunião sectorial de 8º ano - Nº de profs - 4 - o famoso G4
Objectivos- Planificações anuais e de 1º período, gestão curricular, definição das actividades obrigatórias e produção de materiais para os alunos.


Como previsto, começou trinta minutos mais tarde, afinal na reunião anterior estava presente a Guidinha. Duas de nós já tinham leccionado no ano anterior este nível, a G. e eu. Tirando o primeiro período, de mais difícil planificação por incluir os conteúdos não leccionados no ano transacto, a reunião foi de fácil consenso, uma vez que as actividades propostas como obrigatórias foram por todas aprovadas. A Guidinha comeu e calou, embora tenha feito várias tentativas para exemplificar o que se passou na aula X do ano passado, com o aluno Y ou Z, num nível diferente daquele que estava a ser planificado. Cumprimos todos os objectivos da reunião e, inclusivamente, enquanto a G. nos enviava os documentos produzidos por mail, eu e a G. fazíamos a correcção do teste diagnóstico e a Guidinha copiava as respostas, fazendo ao mesmo tempo mil e uma perguntas desnecessárias.
Tempos: 12,30h - 14,00h --> 2,30h

Quinta-feira, 9.9.2010
Reunião de grupo disciplinar - Nº de profs - 10
Objectivos- Informações; PEE e contribuição do grupo para o Plano de Acção de Departamento; outros assuntos.


Um aparte
Lembram-se do teste diagnóstico que ficou por fazer do 7º ano? A A. trabalhou-o e mandou a sua proposta, eu aprovei-a e fiquei de os fotocopiar e a Guidinha teve a lata de nos mandar um mail, com uma série de ordens de correcções de formatação ao texto e instruções para o fazer. Respondi-lhe por mail que seria de bom tom ter feito as correcções sugeridas para colaborar no trabalho do grupo em vez de achar que nós estamos ao seu serviço e disponíveis quando e como ela quiser.Ao mesmo tempo, achou por bem telefonar-me e deixar uma mensagem de voz, não fosse eu esquecer-me de verificar o mail.
Terminou o aparte.


Blá blá, blá blá, blá blá, blá blá.... eu sou muito crítica quanto a estes tempos e documentos que têm que ser produzidos e, estes não deverão estar a ser analisados num espaço público, pelo que me coíbo de fazer qualquer comentário. Entrei cheia de dúvidas e saí com mais ainda mas, parte do que pretendíamos fazer foi feito. Coisas houve que não conseguimos resolver e outras que à partida foram adiadas para uma próxima reunião. Aconteceu o costume - a meio chegou a hora da reunião de DT's e, metade do grupo saiu, ficando os restantes a decidir o que ainda faltava. Não consigo concordar com isto. Todas as decisões de grupo devem ser tomadas por todos os elementos do grupo e, sempre que os tempos das reuniões estiverem mal planeados, deverão ser refeitos pela Direcção, não podemos continuar a ser permissivos neste ponto. Ao contrário do que tinha dito no ano anterior, não saí nem disse que não concordava, antes pelo contrário, deixei e participei de forma activa nas decisões que faltavam tomar. Sou tão cão que ladra não morde que até me irrito a mim própria.
Tempos: 14,00h - 17,15h --> 3,15h

Voltando ao aparte
A A. estava escandalizada com o mail da Guidinha. Veio ter comigo e perguntar-me o que eu tinha achado. Disse-lhe que lhe tinha respondido por mail, sugerindo que ela própria trabalhasse em vez de mandar trabalhar os colegas. A Guidinha começou a falar do assunto e nós as duas aproveitamos para lhe dizer que foi incorrecta, que não tem o direito de achar que está acima do comum dos mortais, etc.... Ela para variar manteve-se na sua e fingiu que não percebeu aquilo que estava a ser dito. Demos berros, mais eu do que a A., chamámo-la à razão e concluímos que não vale a pena. Ela deve ter mesmo um problema de audição porque tudo aquilo que se lhe diz, desliza por ela sem nunca sequer ter a hipótese de entrar por um ouvido para a seguir sair pelo outro. Haja paciência!


Somatório das horas da treta: 12, 45h
#1 - 2,30h
#2 - 2,05h
#3 - 2,25h
#4 - 2,30h
#5 - 3,15h

As horas serviram para alguma coisa?: No que respeita às planificações, sim. Parece-me é tempo demasiado para um horário que contempla apenas duas horas por semana para horas da treta.

quarta-feira, setembro 08, 2010

Hoje é dia....

Smiling boys....


A: Estes livros de 6º ano são muito interessantes.
F: Pois.... acho que nos devemos empenhar mais na escola.
L: :))

Filosofias....



A: A mesada é contra a lei.
L: Porquê?
A: Porque fazemos as camas e arrumamos o quarto e estão-nos a pagar. É contra a lei que somos menores de idade.
L: Óptimo, assim fazem as camas à mesma e arrumam os quartos e deixo de vos dar mesada.
:))

....

segunda-feira, setembro 06, 2010

Agrobiotecnologia e Biodiversidade



O CIB – CENTRO DE INFORMAÇÃO DE BIOTECNOLOGIA ESTÁ A PROMOVER O CONCURSO «AGROBIOTECNOLOGIA E BIODIVERSIDADE» DESTINADO AOS ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO OU EQUIVALENTE, DURANTE O ANO LECTIVO 2010/2011.

Com este concurso o CiB pretende contribuir para a promoção do conhecimento científico sobre a agrobiotecnologia e a biodiversidade e estimular a cultura científica e tecnológica, nomeadamente na área da biotecnologia aplicada à agricultura e a sua relevância para a diversidade biológica.

A Biotecnologia é fonte para excelentes histórias. Para as contar é necessário partir em busca de respostas com a curiosidade aguçada. Para abordarem e discutirem o tema proposto – Agrobiotecnologia e Biodiversidade – os alunos podem utilizar a sua criatividade utilizando três tipos de formato: (texto e imagens ou vídeo).

Serão seleccionados os três melhores trabalhos enviados até 31 de Março de 2011. Os prémios incluem leitores MP4 e vales-cheque destinados à aquisição de livros e material informático. Todos os alunos e professores premiados receberão um diploma.

Os interessados deverão enviar a ficha de inscrição, segundo as regras do regulamento, até 30 de Novembro de 2010.

O CIB RECOMENDA QUE ALUNOS E PROFESSORES LEIAM ATENTAMENTE O REGULAMENTO DE FORMA A CUMPRIREM TODOS OS PONTOS DESCRITOS

Agrobiotecnologia e Biodiversidade

domingo, setembro 05, 2010

A preparar o que aí vem....

A partir de amanhã é a doer. Tenho que deixar tudo organizado para os dois queijos que vão para o sexto ano, ir buscar os livros e preparar os materiais. Tenho que ir à escola da queijinha, que afinal já não vai ser na Gâmbia porque apareceu uma vaga mesmo aqui ao virar da esquina, buscar a lista de materiais e verificar a partir de que horas é que ela tem que lá estar e, tenho ainda que ir buscar os meus livros a Lisboa.

De tarde, reunião de 9º ano para planificações e afins e depois, reorganizar os trabalhos de desenho que teimam em nunca acabar. Tenho que rever os que já fiz e estão para entregar e, finalmente, começar os livros que me encomendaram. Não faço ainda a mínima em como me vou arranjar para desenhar uma vaca a dar um "pontapé de bicicleta", raio de pedidos mais difíceis que me fazem....

Hoje aproveito o resto da tarde para rever materiais e organizá-los para ter tudo à mão quando for preciso. Já agora vou ali lavar umas roupitas e escolhê-las que os queijos teimam em crescer cada vez mais depressa.


Grape toes....

quinta-feira, setembro 02, 2010

Reuniões....

Hoje tive a primeira reunião de grupo com "apenas" nove pontos na ordem de trabalhos. Foi-me dado um brinde de que eu não estava à espera. Uma vez que cheguei uma hora atrasada por estar na vigilância de um exame de equivalência à frequência, não fiz a acta da reunião. Era a minha vez e soube tão bem não ter que a fazer....

Cada vez mais sinto que estamos apenas a encher chouriços. Andamos a mostrar trabalho no papel que não tem retorno na prática. Andamos a tomar decisões quase sem pensar nas suas consequências. Esquecemo-nos que vivemos num país democrático? Cada vez mais sinto que se legisla pela negativa, pela desresponsabilização das atitudes tomadas. Queremos uma educação integral mas fazemo-lo pela proibição. É ou não é um contracenso?

Never mind.... life goes on!

Desenho a quatro mãos....


Somatório das horas da treta: 9,30h - 13,00h --> 3,30h

#1 - 2,30h (descontando a hora da vigilância)

As horas serviram para alguma coisa?: Népia, ou se serviram eu não dei por nada.

Hoje....

Hoje
sei apenas gostar
duma nesga de terra
debruada de mar."
Miguel Torga


Sunset ....

quarta-feira, setembro 01, 2010

Mais 1 de Setembro....

O L. que está na equipa das turmas do 1º ciclo, telefonou-me a dizer que afinal apareceu uma vaga na EB1 nº2 de Santa Maria da Graça, que fica mesmo aqui, quase ao virar da esquina. Perguntou-me se eu não preferia que a C. ficasse lá em vez de ir recambiada para a Gâmbia. Perguntei-lhe do horário. É igual ao da Gâmbia, já têm as actividades extra-curriculares integradas, o que quer dizer que a C. entra às 9,00h e só sai da escola às 17,30h. Preferi optar por esta vaga. Poupo nos transportes, carro e tempo e sobretudo poupo a C. que fica comigo mais tempo, uma vez que em quaisquer dez minutos me ponho lá.

New school....


E voltei ao mesmo dilema, o que é que eu faço? Deixo que a direcção da minha escola trate o meu pedido de flexibilidade de horário de uma forma ligeirinha, como se nada fosse, respondendo verbalmente: "só te consegui mudar um dos dias, contínuas com dois dias às 8,25h" ou, faço valer os meus direitos, que são muito clarinhos na lei e que passo a transcrever:

"Artigo 56.º
Horário flexível de trabalhador com responsabilidades familiares


1 — O trabalhador com filho menor de 12 anos ou independentemente da idade, filho com deficiência ou doença crónica que com ele viva em comunhão de mesa e habitação tem direito a trabalhar em regime de horário de trabalho flexível, podendo o direito ser exercido por qualquer dos progenitores ou por ambos.
2 — Entende -se por horário flexível aquele em que o trabalhador pode escolher, dentro de certos limites, as horas de início e termo do período normal de trabalho diário.
3 — O horário flexível, a elaborar pelo empregador, deve:
a) Conter um ou dois períodos de presença obrigatória, com duração igual a metade do período normal de trabalho diário;
b) Indicar os períodos para início e termo do trabalho normal diário, cada um com duração não inferior a um terço do período normal de trabalho diário, podendo esta
duração ser reduzida na medida do necessário para que o horário se contenha dentro do período de funcionamento do estabelecimento;
c) Estabelecer um período para intervalo de descanso não superior a duas horas.
4 — O trabalhador que trabalhe em regime de horário flexível pode efectuar até seis horas consecutivas de trabalho e até dez horas de trabalho em cada dia e deve cumprir
o correspondente período normal de trabalho semanal, em média de cada período de quatro semanas.
5 — Constitui contra -ordenação grave a violação do disposto no n.º 1.

Artigo 57.º
Autorização de trabalho a tempo parcial ou em regime de horário flexível


1 — O trabalhador que pretenda trabalhar a tempo parcial ou em regime de horário de trabalho flexível deve solicitá -lo ao empregador, por escrito, com a antecedência
de 30 dias, com os seguintes elementos:
a) Indicação do prazo previsto, dentro do limite aplicável;
b) Declaração da qual conste:
i) Que o menor vive com ele em comunhão de mesa e habitação;
ii) No regime de trabalho a tempo parcial, que não está esgotado o período máximo de duração;
iii) No regime de trabalho a tempo parcial, que o outro progenitor tem actividade profissional e não se encontra ao mesmo tempo em situação de trabalho a tempo parcial
ou que está impedido ou inibido totalmente de exercer o poder paternal;
c) A modalidade pretendida de organização do trabalho a tempo parcial.
2 — O empregador apenas pode recusar o pedido com fundamento em exigências imperiosas do funcionamento da empresa, ou na impossibilidade de substituir o trabalhador se este for indispensável.
3 — No prazo de 20 dias contados a partir da recepção do pedido, o empregador comunica ao trabalhador, por escrito, a sua decisão.
4 — No caso de pretender recusar o pedido, na comunicação o empregador indica o fundamento da intenção de recusa, podendo o trabalhador apresentar, por escrito, uma
apreciação no prazo de cinco dias a partir da recepção.

5 — Nos cinco dias subsequentes ao fim do prazo para apreciação pelo trabalhador, o empregador envia o processo para apreciação pela entidade competente na área da
igualdade de oportunidades entre homens e mulheres, com cópia do pedido, do fundamento da intenção de o recusar e da apreciação do trabalhador.
6 — A entidade referida no número anterior, no prazo de 30 dias, notifica o empregador e o trabalhador do seu parecer, o qual se considera favorável à intenção do empregador se não for emitido naquele prazo.
7 — Se o parecer referido no número anterior for desfavorável, o empregador só pode recusar o pedido após decisão judicial que reconheça a existência de motivo justificativo.
8 — Considera -se que o empregador aceita o pedido do trabalhador nos seus precisos termos:
a) Se não comunicar a intenção de recusa no prazo de 20 dias após a recepção do pedido;
b) Se, tendo comunicado a intenção de recusar o pedido, não informar o trabalhador da decisão sobre o mesmo nos cinco dias subsequentes à notificação referida no n.º 6 ou, consoante o caso, ao fim do prazo estabelecido nesse número;
c) Se não submeter o processo à apreciação da entidade competente na área da igualdade de oportunidades entre homens e mulheres dentro do prazo previsto no n.º 5.
9 — Ao pedido de prorrogação é aplicável o disposto para o pedido inicial.
10 — Constitui contra-ordenação grave a violação do disposto nos n.os 2, 3, 5 ou 7.


A mim tanto me faz se me derem horário de manhã, de tarde e de noite, como tive no ano passado. Até me podem aumentar o número de níveis que lecciono de três para o que quiserem mas é um direito que me assiste como trabalhadora e mãe poder levar e ir buscar a minha filha menor à escola que ela frequenta!

Estou danada!!!!

Porque é que tem tudo que ser uma guerra?

1 de Setembro

Uma breve passagem pela escola para ver as caras conhecidas e verificar os serviços para amanhã. Começa bem o ano, vigilância de exame com apresentação às 8,30h e reunião de grupo às 9,30h, serei omnipresente?

Grande


Chateia-me é que a G., que faz os horários tenha vindo com a mesma história da passada semana. Apesar de ter metido o papel oficial requerendo horário flexível ao abrigo da Lei 7/2009, mais conhecida por Código do Trabalho, aplicável a todos os trabalhadores, porque PRECISO DE TER HORAS PARA LEVAR A C. À ESCOLA, ela pergunta-me porque não a ponho num colégio particular em vez de a pôr numa escola oficial mais afastada de casa. A C. vai ter um horário em que entra às 9,00h e eu continuo a ter 2 dias a entrar às 8,25h, será possível? Vou investigar e decidir até amanhã o que vou fazer.