terça-feira, abril 28, 2009

25 de Abril....

em Lisboa....

Untitled (by Loca....)





Untitled (by Loca....)

Untitled (by Loca....)

Untitled (by Loca....)

Untitled (by Loca....)

Untitled (by Loca....)

Untitled (by Loca....)

Untitled (by Loca....)

Untitled (by Loca....)


Untitled (by Loca....)


....com amigos

segunda-feira, abril 27, 2009

Não me apetece fazer nada....

.

Queres ser sereia ou baleia?....

Esta vem directamente do mail....

Há uns dias, numa cidade de França, um cartaz, com uma jovem espectacular, na montra de um ginásio, dizia:
"ESTE VERÃO, QUERES SER SEREIA OU BALEIA?"

Dizem que uma mulher jovem-madura, cujas características físicas não interessam, respondeu à pergunta publicitária nestes termos:

"Estimados Senhores:
As baleias estão sempre rodeadas de amigos (golfinhos, leões-marinhos, humanos curiosos). Têm uma vida sexual muito activa, engravidam e têm baleiazinhas ternurentas, às quais amamentam.
Divertem-se à brava com os golfinhos, enchendo a barriga de camarões. Brincam e nadam, sulcando os mares, conhecendo lugares tão maravilhosos como a Patagónia, o mar de Barens ou os recifes de coral da Polinésia.
As baleias cantam muito bem e até gravam CD's. São impressionantes e practicamente não têm outros predadores além dos humanos. São queridas, defendidas e admiradas por quase toda a gente.

As sereias não existem. E, se existissem, fariam fila nas consultas dos psicanalistas, porque teríam um grave problema de personalidade, "mulher ou peixe?".
Não têm vida sexual, porque matam os homens que delas se aproximam, além disso, por onde? Por isso, também não têm filhos. São bonitas, é verdade, mas solitárias e tristes. Além disso, quem quereria aproximar-se de uma rapariga que cheira a peixaria?
Para mim está claro, quero ser baleia.

P.S.: Nesta época em que os meios de comunicação nos metem na cabeça a ideia de que apenas as magras são bonitas, prefiro disfrutar de um gelado com os meus filhos, de um bom jantar com um homem que me faça vibrar, de um café e bolos com os meus amigos.

Com o tempo ganhamos peso, porque ao acumular tanta informação na cabeça, quando já não cabe, espalha-se pelo resto do corpo, por isso não estamos gordas, somos tremendamente cultas. A partir de hoje, quando vir o meu rabo no espelhos, pensarei, Meu Deus, que inteligente que sou..."

domingo, abril 26, 2009

Visita de estudo ao Jardim Zoológico

Stripes.... (by Loca....)

Folded.... (by Loca....)

....

Hello there....


Foi excelente este dia apesar de muito longo. Cheguei à escola às 8,00h, fui para o jardim zoológico com quatro turmas de alunos, voltei às 17,30h e dei aulas das 19,00h às 23,00h. Três turnos: É ilegal but who cares?
A única coisa que me chateia é que eu não era suposto ir. Fui acompanhar os restantes professores e uma turma pescada à última da hora porque uma daquelas queridas que abundam nas escolas vai fazer uma visita ao Badoka Park em Junho e, admirem-se: obrigou os alunos a pagarem a visita esta semana! Claro está que desistiram da que já estava planeada para agora porque os pais não têm dinheiro para as duas no mesmo mês. Se fosse em Setúbal nã mensaiava nada e arrmava uma pexêrrada daquelas.... é parrva a melherr?

sexta-feira, abril 24, 2009

Que saudades....

.... de um dia só para brincar.

Ainda oiço a gargalhada.... (by Loca....)

Quem é quem? (by Loca....)

quinta-feira, abril 23, 2009

#4 - Estou quase a obter o meu diploma....

Elabora um pequeno texto onde explicites os principais tipos de emigração referindo as razões que lhes estão subjacentes

"A migração desde os tempos remotos que faz forte da quotidiano das povos.
Há imigrações temporárias e defenitiva, livre, forçada e a ainda legais ou iligais.
Na História de Portugal a maior motivação de imigração tem origem económica.
Mas hà outras imigrantes que sâo obrigados a sair do seu pais, por causa da Política e falta de trabalho é migração forçada.
Se a migração é feita com autorização do pais de acolhimento, é uma migração legal. Se por outro lodo, o individuo entra (ou fica) num determinado país sem nenhuma autorização – é clandestina au ilegal. Exodo rural.
Razões económicas = Baixos salárias camponeses reduzido poder de compra-
A actração psicológica da cidade exercida pelas mulheres condições de vida
Para o campo
perda de mão de obra
permanência de mão de obra idosa
que dificulta a modernização
a agricultura
envelhecimento da população
diminuição da taxa de natalidade
Para a cidade
Aumento da disponibilidade de mão-obra rejuvenescimento da população, que se revela numa maior capacidade produtiva
Aumento da taxa de naturalidade,
Problemas habitacionais que levam ao aparecimento de bairros de lata e bairros clandestino"

Conseguiram perceber alguma coisa? Eu também não mas não faz mal porque daqui a sete meses esta formanda tem o diploma do 12º ano. As estatísticas vão gostar e o resto não importa!

Queijinhos....

Untitled (by Loca....)

sexta-feira, abril 17, 2009

Do something about it!

gce_banner1_en

quinta-feira, abril 16, 2009

#3 - Estou quase a obter o meu diploma....

Elabore um pequeno texto onde explicite os principais tipos de emigração referindo as razões que lhe estão subjacentes.

"Ao longo tempo existe vários tipos de emigração: a legal e a ilegal.
A emigração ilegal é o facto de sair de um país num acto repreensível. Como por exemplo: os emigrantes que se aventuram em pequenos barcos cheios de seres humanos e sem condições para serem transportados e tentam atravessar o estreito de Gibraltar.
Este tipo de fenómeno é originado pelas profundas desigualdades entre os países, assim como no interior destes, provocam contínuos fluxos de seres humanos das zonas mais pobres para aquelas onde as condições de vida são melhores. Também a pobreza que existe no Terceiro – Mundo, as guerras sistemáticas e tendo enormes recursos naturais como por exemplo ouro, petróleo não conseguem evitar este fenómeno que tem aumentado.
A emigração legal é aquele cidadão português que vai para estrangeiro trabalhar com um contrato de trabalho e de residência. Como por exemplo um trabalhador português vai trabalhar para estrangeiro para uma empresa estrangeira/portuguesa mas já tem um contrato trabalho e de residência.
As razões pelas as quais os cidadãos tomam esta atitude são:
• Razões Económicas
• Natureza Social
• Política
• Religiosa
Razões Económicas vão em busca de uma vida melhor em termos económicos e possuem um nível de escolaridade relativamente baixa.
Natureza Social os cidadãos não gostam da sociedade da localidade onde residem.
Como por exemplo um cidadão que reside no Barreiro muda-se para Setúbal.
Política em certos países havia perseguição política aos seus cidadãos devido a diferentes ideologias de ideias. Como por exemplo os cidadãos de Cuba emigram para os EUA.
Religiosa durante a II guerra na Alemanha todos cidadãos judeus eram perseguidos e capturados. Como por exemplo os cidadãos judeus eram mandados para campos de concentração.
Os países que seduzem os emigrantes portugueses são: a Suíça na Europa e Angola em África."

Esta vai ter direito a ilustração!Tive que me conter na sala de aula para não rir às gargalhadas enquanto lia o texto e me passavam à frente dos olhos imagens destas pérolas imperdíveis.
Só me chateia é saber que, por muita força que eu faça em sentido contrário, por muitas correcções que mande fazer e, por muito tempo que demore a corrigir o trabalho deste formando, daqui a menos de um mês ele terá o seu diploma de conclusão do 12º ano. Isso mesmo, leram muito bem, 12º ano. Agora digam-me lá se não acham que nós somos uns palhaços que para aqui andamos?

quarta-feira, abril 08, 2009